Nike

As chuteiras de Robert Lewandowski

Bayern de Múnich
É um dos avançados da atualidade e assim demonstra cada fim de semana com o clube mais importante da Alemanha e um dos mais importantes do mundo, o Bayern de Munich. O Lewandoswki é um desses avançados clássicos, um Killer da área, um avançado completo, forte no jogo aéreo, habilidoso com os pés e letal na bola parada.

Durante a carreira profissional vimos o polaco a competir com dois modelos de chuteiras e quando dissermos os nomes, muitos de vocês vão compreender porquê trocou de modelo de chuteiras: são as Nike Total 90 Laser e as Nike Hypervenom Phantom. A razão é muito simples, tão simples como que no ano 2013 a Nike decidiu descontinuar a linha Total 90 Laer e introduzir as Nike Hypervenom Phantom e praticamente todos os jogadores da linha T90 passaram às Hypervenom, entre eles o Lewandowski.

Porquê as Nike Hypervenom? Esta troca tem todo o sentido do mundo porque a linha Hypervenom desenvolveu-se para o jogador de ataque, habilidoso e atrevido, um jogador que procura sempre finalizar a jogada e esse é o perfil do Lewandowski. A parte superior de Flyknit de última geração  oferece máximo conforto e o remate vê-se reforçado graças aos paineis de foam reactivos no peito do pé.

A sola é o outro elemento importantíssimo deste modelo, porque a Nike diz que demorou 2 anos em acabar. Sobre ela surpreende a distribuição dos pitons mas tudo tem explicação. Na lateral interior posicionam-se pitons cónicos, porque é uma zona que mais influi no momento de rotar e pela lateral exterior temos pitons em tríade, já que é a zona que requer maior tração nas ações mais agressivas, como as fintas.

Aqui deixamos as chuteiras com as que compete o Robert Lewandowski.